Resguntas e Perpostas

O que você faz antes num livro? Escreve ou desenha?
Costumo começar com as ideias e o texto. As ilustrações vêm depois.
De onde vêm as ideias para as suas histórias?
Essa é uma pergunta difícil de responder. Eu acho que cada escritor tem seu jeito de criar. Não sei direito de onde vem as minhas ideias e, às vezes, tenho a impressão de que vêm de um universo maior do que eu. E então me dedico a escolher as palavras e imagens para contá-las da melhor forma que eu puder. Durante esse processo de passar da imaginação para o papel, muitas vezes a ideia inicial vai se transformando, amadurecendo.
Como você escolhe os títulos dos seus livros? E os nomes dos personagens?
Eu acho dificílimo dar títulos para os livros, sempre tenho muitas dúvidas e fico um tempão procurando. Acho mais fácil dar nomes aos personagens. Tenho listas e mais listas de nomes engraçados. Não gosto de dar nomes comuns porque eu imagino que alguma criança que tiver o mesmo nome do personagem poderia ficar meio chateada com isso.
Quais são seus livros favoritos?
Tem uma porção. Alguns deles são Harry Potter, da J. K. Roling; A bolsa amarela, da Lygia Bojunga; A historia de Despereaux, da Kate DiCamillo; Gigantes belgas, do Burkhard Spinnen; O pote vazio, da Demi; e Lugar nenhum, do Neil Gaiman.
Você tem um ilustrador favorito?
Tenho dois: o Einar Turkowski e a Lisbeth Zwerger.
E dos livros que você escreveu, qual você gosta mais?
Dependendo da época eu gosto mais de uns ou de outros. Mas tem alguns que sempre estão na lista dos preferidos: Felpo Filva, Os problemas da família Gorgonzola, Zig zag, Bruxinha Zuzu e Problemas boborildos.
Quando criança você já pensava em ser escritora?
Não, nem imaginava isso.
Quando você começou a desenhar?
Bem pequeninha. Eu lembro até hoje do dia em que estava desenhando um homem palito. Aí eu coloquei uma roupinha nele, blusa e calça, e fiquei muito entusiasmada com o resultado. Fiquei achando que eu era uma excelente desenhista. Acho que eu tinha uns seis anos de idade.
Onde você mora?
Na cidade de São Paulo. Mas às vezes, parece que moro na lua, na floresta encantada, na caverninha dos duendes.
Você tem irmãos?
Tenho dois irmãos e uma irmã mais velha. Eu sou a caçula. E adoro todos eles.
Você tem filhos?
Sim, tenho dois filhos adoráveis. A Claudia e o Paulo.
Você faz alguma coleção?
Faço coleção de pedras roladas, que são aquelas que ficam tanto tempo dentro do rio ou do mar que ficam arredondadas.
O que te irrita?
Página desalinhada, sapato apertado, ar condicionado gelado, etiqueta de roupa que cutuca.
O que você prefere, gatos ou cachorros?
Antigamente eu preferia gatos, mas aprendi a gostar de cachorros. No entanto, se for para desenhar, com certeza eu prefiro os coelhos.
Tem algum bicho você detesta?
Tem, e mais de um. Detesto hienas, baratas e galinhas. Em compensação gosto de urubus. Mas se for para desenhar, eu detesto fazer macacos.
Você pode confessar algum defeito horrível que você tenha?
Posso, eu não respondo cartas. Não tenho tempo para responder e me sinto bem culpada por isso!
Qual profissão você gostaria de ter se não fosse escritora?
Ah, eu gostaria de ser professora ou então palhaça.
E quais profissões você não gostaria de ter?
Piloto de avião, presidente, astronauta e açougueira.
Você quer responder mais alguma pergunta?
Sim, eu quero explicar que não tenho perfil no Facebook, Instagram, e em nenhuma outra rede social. Os perfis que existem em meu nome foram criados por outras pessoas. Não tenho nada contra, só não uso mesmo.
Topo